Rádio Onda Viva

Emissão Online

Já é conhecido o valor da indemnização para dono de barco naufragado

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A seguradora da embarcação “Santa Maria dos Anjos” aceitou pagar uma indemnização de “aproximadamente 100 mil euros” a Eduardo Cruz, o proprietário do barco que naufragou em Janeiro deste ano, ao largo de Sintra, quando fazia a viagem entre Peniche e Cascais. A informação foi adiantada por Lara Cunha advogada da Apropesca-Organização de Produtores de Pesca Artesanal, no final de uma reunião em Lisboa com a companhia Lusitânia, onde o acordo para o armador foi, disse, o único assunto abordado. Quanto ao dinheiro para as famílias dos náufragos, uma fonte da seguradora disse à Agência Lusa que “as verbas já começaram a ser pagas” embora o processo ainda não esteja “totalmente encerrado, devido a questões jurídicas”.Em causa estão os agregados familiares de cinco dos seis pescadores, da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, que iam a bordo já que somente um tripulante conseguiu salvar-se do naufrágio em 14 de Janeiro, junto à Praia das Maçãs. A advogada da Apropesca admitiu ontem que depois de começar o pagamento das pensões provisórias, a Lusitânia proceda finalmente à liquidação de todo o montante que é devido a cada uma das famílias que há mais de 10 meses aguardam pelas compensações.

Login