Rádio Onda Viva

Emissão Online

Secretário de Estado apela à união dos horticultores na Póvoa

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Foi em Aguçadoura, na Póvoa de Varzim, que o Secretário de Estado da Agricultura disse querer “conseguir em 2020 uma balança comercial mais positiva” e expressou a necessidade de “termos os agricultores a trabalhar mais em conjunto e irem em conjunto para o mercado”. José Diogo Albuquerque deu o exemplo da Holanda como modelo. Os associados da Horpozim, associação de produtores hortícolas com sede em Aguçadoura, gostaram de ouvir o governante alertar paras mudanças preparadas para entrar em vigor na cadeia alimentar no curto prazo, no sentido de uma “maior transparência entre produção, transformação e distribuição”. José Diogo Albuquerque defendeu que é urgente “regularizar apoios, melhorar candidaturas, aprovações e pagamentos no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural, e melhorar o futuro”. Nesse sentido, o secretário de Estado apresentou na Póvoa apresentou algumas medidas que entram em vigor no próximo Programa de Desenvolvimento Rural (de 2014 a 2020). Esse programa incidirá numa “discriminação positiva nos apoios e num sistema mais universal”. No tocante à regularização de apoios, o governante incidiu o seu discurso na revisão do parcelário, uma vez que o parcelário agrícola ( também designado por Sistema de Identificação de Parcelas) constitui uma componente fundamental na gestão das ajudas no âmbito da Política Agrícola Comum (PAC).

(As declarações podem ser ouvidas na edição das 18h de 2013_11_12, aqui)

Login