Rádio Onda Viva

Emissão Online

10 mil euros para pagar a advogados de caso mediático

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A Câmara da Póvoa aprovou o pagamento do apoio jurídico prestado à Real Irmandade da Senhora da Assunção num caso que se arrastou cerca de 15 anos. Na altura, um incêndio causado pelo foguetório das festas destruiu um barco e o caso foi para tribunal. Agora foi atribuído um valor de quase 10 mil euros para pagar os custos com o gabinete de advogados que tratou do processo.  Recorde-se que já no ano passado a autarquia concedeu apoios extraordinários à Real Irmandade de Nossa Senhora da Assunção para ajudar a pagar a indemnização ao dono da embarcação destruída pelo fogo.

As declarações podem ser ouvidas na edição local.

   

Login