Rádio Onda Viva

Emissão Online

Foram alvo de tiros, mas não querem prejudicar o atirador

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

caçadeiraAlgumas das vítimas de uma tentativa de homicídio ocorrida no passado mês de Novembro em Macieira da Maia, em Vila do Conde, já parecem ter perdoado o agressor.  Os alvos de Vitorino Silva, com 60 anos de idade, foram familiares do próprio que no julgamento que começou ontem disseram,  segundo o Correio da Manhã, que não o querem prejudicar e inclusive a mulher a filha têm efetuado visitas regulares à cadeia. No início do julgamento no Tribunal de Matosinhos, o sexagenário optou por se manter em silêncio que é um direito. O visado terá utilizado primeiro uma tesoura e depois uma caçadeira para disparar contra os familiares, a mulher, dois filhos e uma nora, numa pequena fábrica de confecções da família.

As declarações podem ser ouvidas na edição local.

      

Login