Rádio Onda Viva

Emissão Online

Isaura Gomes não conseguiu trabalhar e chamou a polícia

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Isaura Gomes não conseguiu trabalhar e chamou a políciaMais uma vez a PSP foi chamada ao Centro Social e Paroquial de Aver-o-Mar por uma funcionária que se sentiu impedida de ocupar o posto de trabalho. Esta manhã, Isaura Gomes (na imagem à direita), ajudante de cozinha, quis regressar ao trabalho depois de um período de baixa médica, mas à sua disposição só tinha o lugar de auxiliar de serviços gerais. A funcionária não aceita a imposição de uma mudança de categoria profissional e pediu o registo policial para, em último caso, ter provas em tribunal do que sucedeu. Isaura Gomes disse à Onda Viva que não estava à espera de passar por um dia como hoje, depois de mais de 15 anos a servir o Centro Paroquial. Isaura Gomes diz que está disposta a deixar o centro desde que lhe paguem todos os direitos, mas não quer ser prejudicada pela decisão da instituição em entregar o serviço de cozinha a uma empresa privada.

Este é já o segundo caso semelhante, depois da cozinheira, Joseni Paiva (na foto à esquerda), também ter tentado regressar ao posto de trabalho, mas sem sucesso (ver notícia dia 31 de Março). A Onda Viva tem tentado sempre ouvir a versão do Centro Social e Paroquial de Aver-o-Mar, mas a Instituição Particular de Solidariedade Social, mesmo sabendo desta disponibilidade, não tem prestado esclarecimentos.

As declarações podem ser ouvidas na edição local.

   

Comentar

A Rádio Onda Viva apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados.


Código de segurança
Atualizar

Login